notícias

Juan Francisco Manzano no Brasil.

Periódicos acadêmicos

Mulemba, UFRJ. A Autobiografia do poeta-escravo, de Juan Francisco Manzano. Organização, tradução e notas de Alex Castro. São Paulo: Hedra, 2015. Resenha de Liliam Ramos da Silva. (Volume 14, número 2, jul-dez 2016, p. 145-148.)

Translatio, UFRGS. Pode o tradutor falar? Uma análise da tradução da Autobiografia de Juan Francisco Manzano no Brasil sob a ótica dos Estudos Culturais. Artigo de Liliam Ramos da Silva. (Instituto de Letras
Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, n. 13, Junho de 2017.

Jornal

Jornal do Commercio, Recife, PE. “O horror da escravidão contado além dos números.” Matéria de Diogo Guedes. 20 de novembro de 2015.

Jornal do Commercio, Recife, PE. “Um monólogo sobre a escravidão a espera de encenadores.” Matéria de Diogo Guedes. 20 de novembro de 2015.

O Liberal, Americana, SP. Caderno Cult. “Livro aborda igualdade racial. No mês da Consciência Negra, escritor e tradutor Alex Castro apresenta obra “A Autobiografia do Poeta Escravo”“. Matéria por Karina Pilotto. 3 de novembro de 2015.

O Globo, Rio de Janeiro, RJ. Prosa e Verso. “Vida e obra do poeta-escravo cubano Juan Francisco Manzano“. Matéria por Leonardo Cazes. 29 de agosto de 2015.

* * *

Revista

Época. Escravidão para inglês ver. Matéria de Juliana Cunha. 9 de outubro de 2015.

* * *

Periódico Digital

Revista Pessoa. A autobiografia do poeta-escravo. 28 de agosto de 2015.

* * *

Blog

Musa rara. A palavra escrita como glória, por Elizabeth Ferreira Cavalcanti. 27 de novembro de 2015.

Quase sociopata. A autobiografia do poeta-escravo Juan Francisco Manzano, por Sandra Machado. 23 de novembro de 2015.

Deixe uma resposta

  • Juan Francisco Manzano, poeta na ilha de Cuba, foi a única pessoa escravizada latinoamericana a escrever uma autobiografia sobre sua experiência no cativeiro.

    A autobiografia do poeta-escravo, de Juan Francisco Manzano

    A autobiografia do poeta-escravo, de Juan Francisco Manzano. Edição, tradução, introdução e notas de Alex Castro. (São Paulo: Editora Hedra, 2015.)

    Autobiografía, de Juan Francisco Manzano

    Autobiografía, de Juan Francisco Manzano. Edición, introducción y notas de Alex Castro. (Matanzas: Ediciones Matanzas, 2015.)